Dúvidas frequentes sobre a continuidade da certificação da sala cofre da sua empresa (parte 2)

A certificação é única garantia do cumprimento de todas as exigências construtivas, de montagem e de manutenção, conforme as normas e procedimentos de ensaio da ABNT

sala-cofre-certificada-greenImagem fonte: ictbusiness.it

Minha empresa realmente precisa da certificação da sala-cofre?

Os testes exigidos para a certificação garantem o pleno atendimento a todas as especificações, comprovando o mais elevado nível de proteção, estanqueidade e assim, justificando o investimento de uma sala-cofre.
Podemos exemplificar a importância da certificação com uma simples pergunta: Você pularia de um avião com um paraquedas não certificado? Se sua resposta for não, obviamente entendeu a importância da solução certificada.

Afinal, quais as diferenças básicas entre sala-cofre certificada e sala segura?

Considerando que a infraestrutura e seus subsistemas empregados na construção de uma sala-cofre podem ser os mesmos de uma sala segura, e assumindo que ambas soluções possuem a mesma área, quantidade de racks, potência elétrica instalada (geradores, UPSs, painéis, cabos), sistema de ar condicionado, cabeamento estruturado e automação (CFTV, controle de acesso, sistema de detecção precoce/combate ao incêndio), basicamente as diferenças se concentram nas características construtivas de cada solução.

Diferente da sala segura, a célula sala-cofre certificada segue todos os pré-requisitos impostos pelas normas e procedimentos de ensaio, inclusive com testes simulando uma situação real de incêndio. Contudo, a célula sala segura pode ser construída utilizando painéis corta-fogo, paredes de alvenaria, dry wall corta-fogo, steel frame, divisória, vidro, entre outros, já que não há normas e certificações específicas para este tipo de solução para data center.

Existem normas da ABNT para proteção corta-fogo, tais como a NBR 10.636 (ensaios em paredes e divisórias) que, muitas vezes, são exigidas para instalações de salas seguras. Porém, tais normas não simulam os testes em uma situação real de incêndio no data center, o que não garante os limites de temperatura e umidade internos, as proteções contra vazamentos e jato de água, fumaça, gases corrosivos ou queda de escombros, por exemplo.
Portanto, a opção por uma solução certificada, sempre garante a contratação do provedor que melhor cumpre e garante todas as exigências técnicas, inclusive permitindo a equalização justa entre os proponentes e facilitando a contratação da melhor solução pelo menor investimento.

Leia também:

Dúvidas frequentes sobre a continuidade da certificação da sala cofre da sua empresa (parte 1)

Compartilhe: